Penne com Abobrinha

Olá, pessoas!

Ontem para o jantar fiz uma massinha mais leve. É uma receita que eu já havia feito uma outra vez e ficou tão boa que mereceu replay.

De uns tempos pra cá, tenho virado uma grande apreciadora de abobrinha. Quando criança eu não queria ouvir nem o nome, hoje, fico encantada quando encontro uma receita nova e diferente.

Vamos à receita:

Ingredientes:
– 2 xícaras de chá de penne
– 1 abobrinha italiana média cortada em tiras finas
– 1 bandejinha de tomates sweet grape cortados ao meio
– 1/2 xícara de chá de alho poró fatiado
– 1/2 xícara de chá de champignons fatiados
– 1 dente de alho espremido
– 4 a 5 colheres de sopa de azeite
– sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:
Ferva água penas com sal e cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem. Quando colocar a massa para cozinhar, comece a fazer o acompanhamento. Coloque em uma panela o azeite e doure o alho. Acrescente a abobrinha e mexa até ela amolecer um pouco. Acrescente os tomates e o alho poró, tempere com o sal e a pimenta e mexa até os ingredientes murcharem um pouco. Acrescente então o champignon e mexa  até a abobrinha ficar molinha. Escorra o macarrão, coloque-o na panela com os outros ingredientes e mexa para incorporar tudo. A massa deve estar al dente, se não ela vai despedaçar quando você misturar. Se necessário, acrescente mais um fio de azeite nesse momento.

Dica: Essa receita fica muito boa com macarrão integral.

Chef Liloca

Spaghetti ao molho de shitake e alho poró

Pra dar início às receitas do blog, essa massa que eu fiz ontem, já que hoje não jantamos em casa. Sou suspeita pra falar, mas ficou divina.

Peguei uma receita no site Tudo Gostoso (http://tudogostoso.uol.com.br/receita/45909-fettuccine-ao-molho-de-shitake-e-cogumelos-paris.html) e dei os meus toques:
Pra começar, usei spaghetti ao invés de fettuccine, já que era a massa que tinha em casa. Fiz apenas com shitake, achei que já seria suficiente. No lugar de óleo usei um bom azeite extra-virgem e substituí a salsa e cebolinha secas por cebolinha fresca. (Pra quem não sabe, eu ODEIO salsinha. Etão, jamais, em hipótese alguma, haverá alguma receita minha com salsinha!) Pra dar um toque especial, acrescentei meia xícara de vinho tinto junto com o shoyo. Os cogumelos absorveram muito bem sabor do shoyo e do vinho e ficaram maravilhosos. Assim que a massa estava cozida, acrescentei ao molho (que já estava pronto a essa altura) aproximadamente 100g de queijo parmesão ralado (queijo de verdade, não de pacotinho) e mexi até derreter todo o queijo. Servi sobre a massa e salpiquei mais cebolinha fresca.

Sem dúvida, esse entra no meu TOP 10!

Chef Liloca