Filé Mignon com Creme de Mandioquinha e Shimeji

Boa noite, pessoas!

Hoje fiz um prato que eu estava com vontade há um bom tempo: creme de mandioquinha com shimeji. Vi uma vez em um programa do Gordon Ramsay, no qual ele cozinha com as filhas, uma fofura. No episódio, ele ensinou a fazer um creme de abóbora com shimeji, mas imediatamente meus neurônios gastronômicos pensaram em substituir a abóbora pela mandioquinha, que eu gosto bem mais. Com abóbora deve ficar muito bom, mas duvido que fique melhor que mandioquinha.

Como eu conheço bem o apetite aqui em casa, sei que apenas creme de mandioquinha com o shimeji não seria suficiente, então resolvi acrescentar uma proteína pra todo mundo ficar satisfeito. Nasceu então o filé mignon com creme de mandioquinha e shimeji.

Sem mais historinhas, vamos à receita:

Ingredientes:
Filé Mignon:
– 2 escalopes de file mignon
– 1 colher de sopa de chimichurri
– 1/2 dente de alho sem casca
– 4 colheres de sopa de azeite
– 2 colheres de sopa de vinho tinto
– sal e pimenta do reino a gosto

Creme de Mandioquinha:
– 2 xícara de chá de mandioquinha descascada picada
– 1/2 cubo de caldo de legumes
– 1/2 xícara de chá de creme de leite
– 1 colher de sopa de manteiga
– 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
– 1 pitada de noz-moscada
– sal e pimenta do reino a gosto

Shimeji:
– 1 bandeja de shimeji branco
– 1 colher de sopa (bem cheia) de manteiga
– 1 colher de sobremesa de azeite
– 1/3 de xícara de chá de vinho tinto
– 3 colheres de sopa de molho de soja
– sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:
Filé Mignon:
Em um potinho, misture o azeite, o chimichurri, o alho (se esmagar), o vinho e tempere com sal e pimenta. Pincele os dois lados dos escalopes com essa mistura e deixe descansar até a hora de fritar. Quando o creme de mandioquinha e o shimeji estiverem prontos, coloque azeite em uma frigideira e frite os escalopes até chegarem ao ponto desejado.

Creme de Mandioquinha:
Dissolva o caldo de legume em 1 litro de água e cozinhe a mandioquinha por 20 minutos ou até que ela fique molhinha. Com um espremedor, esmague a mandioquinha até obter uma pasta. Volte ao fogo, acrescente a manteiga, o creme de leite, o sal, a pimenta e a noz-moscada. Misture até incorporar todos os ingredientes. Se o creme não ficar lisinho, você pode batê-lo no liquidificador ou passar na peneira. Reserve. Antes de servir (quando o shimeji já estiver pronto) ascenda o fogo novamente e acrescente o parmesão, mexendo até derreter.

Shimeji:
Não lave o shimeji. Não sei se já comentei aqui, mas os cogumelos são como esponjas, se você lava, eles absorvem a água e não ficam tão saborosos. Limpe-os com papel toalha. Depois de limpos, corte-os. Leve uma panela ao fogo, aqueça o azeite e acrescente a manteiga. Quando tiver derretido, acrescente os cogumelos e regue com o vinho e o molho de soja. Acrescente a pimenta e deixe para acertar o sal quando estiver quase pronto. Lembre-se que o molho de soja já é bem salgado. Deixe cozinhar até reduzir o caldo e amolecer os talos do shimeji.

Aí é só montar o prato. Eu preferi servir o shimeji por cima do creme de mandioquinha e a combinação dos sabores foi simplesmente incrível. O shimeji fica levemente ácido por causa do vinho e o creme fica absurdamente leve por causa do creme de leite. O chimichurri com vinho deu um sabor encorpado ao filé que o deixou irresistível.

Vale a pena tentar essa receita!

Chef Liloca

Anúncios

Salada de Tomates com Pesto de Rúcula

Olá, pessoas!

Esses dias tive muitas coisas para resolver depois do trabalho e acabamos não jantando em casa, por isso a ausência de posts. Mas cá estou, pronta para compartilhar mais uma experiência gastronômica.

Hoje rolou um jantarzinho mais light. Quis aproveitar uns tomatinhos e rúcula lindos que meu maridinho comprou na feira pra gente. Fiz então, uma saladinha de tomates com pesto de rúcula, com nozes, parmesão e croutons.

Aí vai a receita:

Ingredientes:
– 1 maço de rúcula
– 1 xícara de chá de tomates cereja cortados em quatro
– 1 xícara de chá de tomates sweet grape cortados ao meio
– 1 xícara de chá de tomates yellow berry cortados ao meio
– 1 xícara de chá de croutons
– 6 colheres de sopa de azeite
– 1/2 xícara de chá de parmesão ralado
– 1/2 xícara de chá de nozes
– sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:
Para fazer o pesto, coloque no processador  1/4 da rúcula, o azeite, 3 colheres de sopa de parmesão ralado, metade das nozes e tempere com sal e pimenta. Bata até virar um creme espesso. Em uma tigela, coloque todos os tomates e esse creme. Mexa delicadamente com uma colher até os tomates ficarem cobertos.
Em um prato fundo, coloque a rúcula e regue com um fio de azeite Deposite os tomates temperados no centro e, ao redor, croutons, pedaços de nozes e finalize salpicando parmesão ralado.

Uma saladinha simples, mas com um toque diferente.

Chef Liloca

Salmão com Molho de Laranja e Gengibre

Olá pessoas!
Hoje o maridinho e eu resolvemos passar a noite de sábado em casa. Depois de um dia exaustivo, cheio de afazeres, faltou disposição pra gente se arrumar e sair de casa.
Aproveitei que hoje não tínhamos horário e resolvi fazer uma receita que leva um pouquinho mais de tempo: salmão com molho de laranja e gengibre. Não demora porque é difícil, mas porque requer um certo tempo para temperar e assar.

A receita original eu peguei em um site muito bom, o Cozinha Travessa, (que vale a pena ser visitado) daí dei o meu toque, acrescentei batatas rústicas e o resultado foi esse da foto aí em cima.

Valeu a pena ficar em casa. O salmão ficou simplesmente delicioso, desmanchando na boca. E o toque doce e cítrico do molho de laranja deu um sabor muito especial.

Deu água na boca, né? Aí vai a receita:

Ingredientes:
– 400g de filé de salmão
– 1 pedaço médio de gengibre
– 4 dentes de alho na casca
– 2 dentes de alho picados
– suco de 2 laranjas bahia
– 10 aspargos
– alecrim a gosto
– pimenta do reino a gosto
– sal a gosto
– azeite a gosto
– 2 colheres de sobremesa de margarina
– 1/3 de cubo de caldo legumes
– 1 colher de sobremesa de amido de milho
– 1/2 xicara de chá de água
– cascas de 1/2 laranja

Preparo:
Em uma tigela, disponha o salmão em 2 postas e coloque sobre o peixe o caldo das laranjas e o gengibre picado e deixe marinar na geladeira por uns 20 minutos. Depois, coloque um papel manteiga numa assadeira mais funda e disponha as postas lado a lado. Reserve caldo de laranja e metade das fatias de gengibre, e aproveite o resto colocando-as em cima do salmão. Salpique um pouco de sal, pimenta do reino, alecrim e os 2 dentes de alho picadinhos. Depois regue com uma quantidade generosa de azeite. Corte as pontas de baixo do aspargos (que são mais duras) e disponha-os nas laterais da assadeira. Tempere-os com sal e azeite, coloque os dentes de alho com casca no meio e feche o papel manteiga. Leve ao forno pré-aquecido 180 graus e deixe assar de 30 a 40 minutos. Depois abra o papel manteiga, acrescente uma colher de sobremesa de margarina sobre cada posta e deixe no forno por mais uns 5 a 10 minutos.

Molho:
Em uma panela, leve o caldo das laranjas e o gengibre reservados ao fogo, acrescente 1/3 de cubo de caldo de legumes (amassado com um garfo), as cascas de laranja e tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Quando começar ferver, dissolva o amido de milho na água e acrescente, mexendo até engrossar um pouco.

Para acompanhar o salmão com os aspargos, fiz batatas rústicas, que você pode ver a receita aqui.

Espero que tenham gostado.

Chef Liloca

Brigadeiro de Leite com Canela

Olá, pessoas!

O post de hoje é pra adoçar o fim de semana!

Fiquei com vontade de comer um docinho, mas não sabia o que… abri o armário e resolvi fazer uma coisinha rápida com os primeiros ingredientes que vi. Nasceu então, o brigadeiro de leite com canela.

Confesso que não estava esperando muita coisa… Mas no fim, tinha nas minhas mãos uma sobremesa extremamente saborosa. Levei na casa da minha mãe e fez o maior sucesso. Isso é uma grande conquista para mim, porque meu pai e meu irmão não são muito adeptos a novidades.

Sem mais enrolação, vamos à receita:

Ingredientes:
– 1 lata de leite condensado
– 6 colheres de sopa de leite em pó (usei Molico)
– 1 gema peneirada
– 1 colher de sobremesa de margarina sem sal
– 1 pitada de sal
– 1/2 colher de chá de noz moscada
– 1 colher de chá (rasa) de canela em pó

Preparo:
Misture todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo em temperatura baixa mexendo sempre, até engrossar e chegar na consistência desejada. Se for para comer de colher, como eu fiz, desligue o fogo um pouquinho antes de chegar ao ponto desejado e continue mexendo até o creme parar de borbulhar. Coloque em potinhos e polvilhe leite em pó e canela por cima.

Atenção para um detalhe: se você utilizar margarina com sal, não precisa colocar mais sal, ok?
E se você gostar do sabor da canela mais acentuado, pode acrescentar mais, mas cuidado para não exagerar.

Bom fim de semana para vocês!

Chef Liloca

Mini Pizzas

Olá pessoas!

Antes de mais nada, gostaria de me desculpar pela ausência nos últimos dias. Essa semana foi puxada e eu estava simplesmente exausta! O pouquinho de força que eu tinha quando chegava em casa eu usava pra cozinhar, aí não sobrava mais nada pra ir pra frente de computador escrever.

Mas vamos ao que interessa: falemos de comida!

Como eu disse, foi tudo muito corrido, portanto, acabei optando por pratos mais rápidos e práticos, mas nem por isso menos saborosos. Por dois dias seguidos comemos mini pizzas aqui em casa. Sim, dois dias seguidos, porque, na minha opinião, quando o prato fica muito bom, merece ser repetido.

O post de hoje, a meu ver, é mais uma dica do que uma receita. Na verdade, o “grande” trabalho que eu tive foi escolher a combinação dos ingredientes e montar as mini pizzas. Usei massinhas prontas congeladas e fiz três recheios diferentes: brócolis com palmito e chips de blanquet, falsa portuguesa e copa com pimentões cozidos e cream cheese (minha preferida).

Abaixo vou colocar as “receitas” com os procedimentos e combinações que fiz para cada uma:

Base:
Como eu disse, usei para todas as mini pizzas, discos de massa congelados;
Coloquei mais ou menos uma colher de sopa (generosa) de molho de tomate. Você pode usar qualquer molho de tomate, inclusive daqueles prontos. Eu usei um natural que eu havia congelado, temperado com um pouquinho a mais de orégano;
Depois, coloquei mussarela ralada sobre o molho. Não convém passar uma quantidade. Aqui vai a gosto. Eu gosto de bastante queijo, então não economizei.

Brócolis com palmito e chips de blanquet:
Logo em cima da mussarela, coloquei uma fatia de chips de blanquet de peru. Ele segue a mesma filosofia do falso bacon que eu usei na receita do hambúrguer no prato:  coloque uma folha de papel toalha em um prato, as fatias de blanquet em cima e cubra com outra folha de papel toalha, sem apertar. Leve ao microondas por um minuto e meio e está pronto.
Depois, usei brócolis cozidos em água, sal e 1 colher de chá de alho picado. O brócolis ficou bem temperadinho e eu não precisei refogá-lo, pulando assim uma etapa  e ganhando um tempinho.
Por cima, espalhei rodelinhas de palmito e um pouquinho de parmesão ralado. Finalizei com orégano.

Falsa portuguesa:
Chamei essa de “falsa portuguesa” porque os ingredientes se assemelham aos das pizzas portuguesas. Coloquei blanquet de peru, fatias de ovos cozidos, palmito, ervilhas, um pouquinho de mussarela ralada por cima e orégano.

Copa com pimentões cozidos e cream cheese:
Essa, de longe, foi a minha preferida! Como os ingredientes combinaram! Ficou incrível.
Comecei preparando o pimentão cozidos da mesma forma que fiz na receita do trio de bruschettas com linguicinha: Corte o pimentão em tiras finas e coloque em uma tigela refratária. Tempere com sal, alecrim, manjericão, pimenta do reino e uma bela porção de azeite. Cubra com papel filme (ou filme de pvc, cada um chama de um jeito) deixando uma abertura pequena. Leve ao microondas em potência alta por 3 minutos. Aqui pras pizzinhas eu usei um pimentão amarelo de tamanho médio. Se for fazer mais pimentões, aumente o tempo de cozimento.
Aí foi só montar: duas fatias e copa, uma colher de sopa dos pimentões e, por cima, uma colher de sobremesa de cream cheese, salpicado com manjericão.

Assim que todas a mini pizzas estiverem montadas, em uma assadeira antiaderente, leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 15 minutos. Aí é só se esbaldar!

Espero que vocês gostem!

Chef Liloca