Festa Surpresa de Aniversário

Olá, pessoas!

Desculpem não ter postado as fotos do aniversário ontem, mas tive um torcicolo violentíssimo e não dei conta de usar o computador quando cheguei em casa. Mas como prometido, aqui estão, para inspirar na organização de festinhas e reuniões.

Essa primeira foto é da galera reunida, me esperando pra gritar “SURPRESA!” e fazer muito barulho com uns apitinhos que minha mãe comprou.

Como já deu pra perceber, eu gosto bastante de cor de rosa. Minha mãe, então se aproveitou disso e não economizou nos detalhes rosados.

Com uma toalha com bolinhas marrons, que combinavam com as bexigas, forminhas e guardanapos, ela montou uma mesa linda, cheia de comidinhas muito gostosas e práticas. Ela optou por “finger foods”, aquele tipo de comida em que os convidados não precisam de pratos e talheres, comem “com os dedos”.

A maioria das coisinhas foram encomendadas. Dentre elas, salgadinhos assados, sanduichinhos de pão de batata, pãezinhos diversos, mix de castanhas e queijos com geleias.

Fora isso, minha mães fez umas coisinhas que eu achei demais: Sua famosa (e maravilhosa) pasta de frango e um antepasto de berinjela que ela serviu em pães italianos redondos com torradinhas coloridas.

Agora, na minha opinião, o que estava mais lindo e saboroso, foram os espetinhos diversos de frios! Mami fez várias combinações, dentre elas: presunto cru com abacaxi, salame com ameixa e queijo mussarela com uva. Espetou os rolinhos com palitinhos de churrasco e dispôs em um vidro com sal grosso. Ficou muito diferente e muito vistoso. Tão lindo que nem parecia comida, e sim decoração.

Além da parte salgada, a festa contou com uma mesa LINDA cheia de doces e um bolo maravilhoso. Mamãe encomendou bombons de brigadeiro, bombons de chocolate e coco, bombons de chocolate branco com castanhas e olho de sogra fondado. Além desses, fez docinhos de damascos e ameixa com nozes. O bolo, que dava água na boca só de olhar, era de ouro branco.

É isso, minha gente. Hoje não teve receitinha, mas teve um post recheado de ideias bacanas pra uma boa festinha.
Qualquer dia eu passo a receita da pasta de frango da minha mãe que vale muito a pena.

Espero que tenham gostado do post tanto quanto eu gostei da minha festa surpresa.

Beijos,
Chef Liloca

PS. Me desculpem pelas fotos não estarem 100%, mas eu não estava com a minha máquina e tirei as fotos com o celular da minha mãe, que é ótimo, mas eu não sei operar direito rs

Anúncios

Trio de Bruschettas com Linguicinha e Cebola ao Vinho

Olá pessoas!

Para quem não sabe, hoje é meu aniversário!!! E estava tudo certo que haveria um almoço de comemoração, no qual minha querida e prendada mamãe faria o seu famoso rosbife com batatas. Já estava mais do que certo que o post de hoje seria com a receita do mesmo. Eis que ontem a noite, estava eu saindo para jantar com meu marido e minha mãe ligou pedindo para que eu aproveitasse e levasse um remédio para ela. Achei estranho, mas como o restaurante era muito perto mesmo da casa dela, fui lá. Não é que eu chego e era uma festa surpresa pra mim?! Quase morri de tanta emoção. Tudo muito lindo, mas muito lindo mesmo! Tirei várias fotos, só que todas estão no celular da minha mãe, portanto, só poderei postá-las amanhã. Mas vai valer a pena vocês esperarem.

Bom, contei toda essa história porque, em primeiro lugar, eu achei o máximo ter uma festa surpresa e queria contar pra todo mundo mesmo rs e em segundo lugar, pra explicar o porque de não ter a receita do rosbife, que algumas pessoas já sabiam que seria publicada hoje.

Pra não ficar tanto tempo sem postar, aqui vai o petisquinho que rolou quinta a noite, véspera de feriado, acompanhado de uma cervejinha bem gelada, pra dar um chega pra la no meu inferno astral que estava com tudo. Fiz um trio de bruschettas absurdamente simples e linguicinha suína com cebola ao vinho.

Vamos a receita:

Ingredientes:
Para o trio de bruschetas:
– 1 pão italiano
– 200g de parmesão fresco ralado
– 1 pimentão verde pequeno
– 1 pimentão vermelho pequeno
– Alecrim seco a gosto
– Manjericão seco a gosto
– Azeite a gosto
– Sal a gosto

Para a linguicinha acebolada:
– 4 linguiças suínas fininhas
– 1 cebola média
– 1 xícara de café de vinho branco seco
– sal a gosto

Preparo:
Bruscehttas:
Corte o pão italiano e fatias de mais ou menos 2 dedos de largura. Disponha em uma assadeira e leve ao forno por uns 5 minutos, apenas pro pão dar uma esquentadinha. Corte os pimentões em tiras finas e coloque em uma tigela refratária. Tempere com sal, alecrim, manjericão e uma bela porção de azeite. Cubra com papel filme (ou filme de pvc, cada um chama de um jeito) deixando uma abertura pequena. Leve ao microondas em potência alta por 5 minutos. Enquanto os pimentões cozinham, vá fazendo as outras bruschettas. Em um terço das fatias de pão, coloque apenas azeite, sal e alecrim. Em outro, azeite, manjericão e parmesão. Quando o pimentão estiver pronto, divida entre o terço restante de fatias de pão e cubra com parmesão. Leve ao forno até que o queijo esteja derretido.

Linguicinha acebolada:
Corte a cebola em rodelas, coloque em uma tigela e tempere com pouco sal (pouco mesmo porque a linguicinha já é bem salgada). Acrescente o vinho e deixe descansando enquanto prepara as linguiças (que não tem segredo nenhum). Corte em rodelinhas finas e frite-as em uma panela com um pouquinho de azeite. – Divida a linguiça em porções antes de fritar. Se você colocar muitas de uma vez na panela, nem todas ficarão fritinhas por igual. – Quando toda a linguiça estiver frita, aproveite a “sujeira” da panela para preparar as cebolas. Coloque mais um fiozinho de azeite e jogue as cebolas com o vinho na panela. Mexa sempre até elas ficarem branquinhas e molinhas. Sirva por cima das linguiças.

Tudo, mais uma vez, muito simples e rápido de fazer. Deu pra curtir um tempão com meu maridinho e ficou tudo muito harmônico com a cerveja.

Amanhã posto as fotos da festa surpresa com algumas ideias muito legais  para festinhas e recepções.

Beijos,
Chef Liloca

Penne com Abobrinha

Olá, pessoas!

Ontem para o jantar fiz uma massinha mais leve. É uma receita que eu já havia feito uma outra vez e ficou tão boa que mereceu replay.

De uns tempos pra cá, tenho virado uma grande apreciadora de abobrinha. Quando criança eu não queria ouvir nem o nome, hoje, fico encantada quando encontro uma receita nova e diferente.

Vamos à receita:

Ingredientes:
– 2 xícaras de chá de penne
– 1 abobrinha italiana média cortada em tiras finas
– 1 bandejinha de tomates sweet grape cortados ao meio
– 1/2 xícara de chá de alho poró fatiado
– 1/2 xícara de chá de champignons fatiados
– 1 dente de alho espremido
– 4 a 5 colheres de sopa de azeite
– sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:
Ferva água penas com sal e cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem. Quando colocar a massa para cozinhar, comece a fazer o acompanhamento. Coloque em uma panela o azeite e doure o alho. Acrescente a abobrinha e mexa até ela amolecer um pouco. Acrescente os tomates e o alho poró, tempere com o sal e a pimenta e mexa até os ingredientes murcharem um pouco. Acrescente então o champignon e mexa  até a abobrinha ficar molinha. Escorra o macarrão, coloque-o na panela com os outros ingredientes e mexa para incorporar tudo. A massa deve estar al dente, se não ela vai despedaçar quando você misturar. Se necessário, acrescente mais um fio de azeite nesse momento.

Dica: Essa receita fica muito boa com macarrão integral.

Chef Liloca

Noite Mexicana – Parte 3: Chili com Carne

Olá, pessoas!

Pra finalizar os posts da noite mexicana, hoje vou passar a receita do chili com carne, acompanhado de falsas tortillas e creme azedo.

Existe toda uma receita bonitinha pra fazer as tortillas. Mas eu penso da seguinte forma:  quando podemos simplificar e pegar algumas coisinhas que já existem prontas, poupamos um grande trabalho e ganhamos tempo para saborear o resultado final do prato. Partindo desse princípio, para fazer as falsas tortillas, comprei um pacote de Rapi10 e passei cada disco rapidamente pela frigideira, dos dois lados e dispus em um prato ao lado do chili, pra cada um se servir a vontade.

Agora a receita do chili:

Ingredientes:
– 250 gr de carne moida
– 250 gr de feijao cozido
– 1 sachê de molho de tomate (340g)
– 2 tomates medios picados em cubos
– 1 cebola grande picada em cubos
– 2 dentes de alho picados
– 2 pimentas dedo de moça picadas sem sementes
– 1/2 pimentão verde picado
– 1/2 pimentão vermelho picado
– 1/2 xícara de chá de azeitonas picadas
– 1 colher de sopa de azeite
-1/2 xícara de chá de água
– sal e pimenta do reino a gosto
– molho de pimenta jalapeño a gosto (tipo Tabasco)

Preparo:
Aqueça o azeite em uma panela grande,  adicione o alho e mexa até dourar. Acrescente  a carne moída. Frite por alguns minutos  até a carne secar e adicione os tomates, a cebola, a pimenta, os pimentões e a azeitona. Mexa bem por alguns minutos.  Adicione o feijão já cozido, o molho de tomate e a água.  Adicione o sal, a pimenta do reino e o molho de jalapeño e mexa. Cozinhe em fogo médio por cerca de 10 minutos com a panela tampada, mexendo a cada 2 minutos. A receita na qual me baseei, dizia para, depois dessa parte, abrir a panela e deixar o líquido secar. Parece que eu me esqueci desa etapa rs. E acabei servindo o chili com o caldo mesmo, o que não fez com que ele ficasse ruim (de jeito nenhum), só não ficou como a receita original deveria. Então, quando você for fazer, pode escolher: Secar o caldo e fazer a versão original ou deixar o caldo e fazer a versão da Chef Liloca.

Pra acompanhar (não só o chili, mas todas as receitas que fiz pra noite mexicana) fiz uma receita de creme azedo, o famoso Sour Cream dos americanos. Receita muuuito fácil e que fica uma delícia para acompanhar comidas mais fortes e condimentas. Segue a receita:

Ingredientes:
– 500ml de creme de leite fresco
– suco de 2 limões
–  sal a gosto

Preparo:
Coloque o creme de leite fresco em um tigela, acrescente o suco de limão e o sal e mexa bem com um fuê (batedor de ovos). Prove para ver se está do seu gosto e leve a geladeira de um dia para o outro. O limão vai cozinhar levemente o creme de leite e ele vai dar uma encorpadinha. Aí é só servir.

Espero que as receitas da Noite Mexicana tenham inspirado vocês!

Hasta luego!

Chef Liloca

Noite Mexicana – Parte 2: Nachos com Carne e Queijo

Boa noite, pessoas!

Dando continuidade  aos post da Noite Mexicana,  hoje vou dar a receita dos nachos com carne e queijo.
Na minha opinião, esse foi o prato mais gostoso da noite. Não que os outros não estivessem bons, mas é que esse só tem coisa que eu adoro!

Segue a receita:

Ingredientes:
– 1 pacote de Doritos sem tempero
– 250g de patinho moído
– 2 colheres de sopa de azeite
– 2 dentes de alho espremidos
– 1 cebola picada
– 1 tomate picado
– 1 pimenta dedo de moça picada sem as sementes
– 1 pimentão verde pequeno picado
– 1 pimentão vermelho pequeno picado
– 1/2 xícara de chá de azeitonas fatiadas
– 1/2 xícara de chá de cream cheese
– 100g de queijo parmesão fresco ralado
– sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:
Em uma panela, em fogo alto, aqueça o azeite, doure o alho e acrescente a carne. Refogue até que a carne seque. Acrescente a cebola, o tomate, as azeitonas, a pimenta e os pimentões. Tempere com sal e pimenta do reino e cozinhe até que a cebola, o tomate e os pimentões tenham murchado. Quando tudo estiver bem cozido, acrescente o cream cheese.
Disponha em um prato os Doritos, coloque a carne moída por cima e finalize com o parmesão ralado. Leve ao forno tempo suficiente para que o queijo derreta. Sirva quente.

Espero que gostem tanto quanto eu!

Chef Liloca

Noite Mexicana – Parte 1: Guacamole

Olá pessoas!

Esse  sábado fomos à casa da minha cunhada Lu e fizemos uma noite de comidinhas mexicanas. Foi muito gostoso. Fiz três pratos e acompanhamos tudo com muita cerveja gelada. Apesar de a tequila e as margaritas serem as bebidas típicas, o calor de Ribeirão não nos permitiu abandonar a cerveja. rs

Pra nosso deleite, fiz guacamole com nachos, acompanhado de molho de pimenta e pico de gallo; nachos com carne e queijo e chili com carne acompanhado de falsas tortillas. Pro post não ficar muito extenso, vou dividir a noite mexicana em 3 partes e passar as receitas separadas.

Só pra lembrar, não sou nenhuma expert nem conhecedora da culinária mundial. Nunca tinha feito nenhum desses pratos. Peguei as receitas na internet e fiz algumas modificações quando achei interessante. Não posso dizer então se ficaram como as tradicionais, mas posso garantir que ficaram todas muito gostosas.

Vou começar com o Guacamole:

Ingredientes:
-1 abacate grande
– 1/2 cebola picada
-1 tomate sem semente picado
– suco de 1 e 1/2 limão
– 1 pimenta dedo de moça sem semente picada
– azeite  e pimenta do reino a gosto
– 1 colher de sobremesa de sal

Preparo:
Corte o abacate ao meio, tire o caroço, tire a polpa com uma colher e coloque em uma tigela. Amasse com um garfo e tempere  com o suco de limão, o sal, o azeite e a pimenta do reino. Depois acrescente a cebola, o tomate e a pimenta e misture delicadamente até incorporar todos os ingredientes.

Muito simples né?
Eu não sou grande fã de abacate, mas o pessoal aprovou.

Servi em um potinho em um prato com nachos comprados prontos. O bom e velho Doritos, só que daquele sem tempero.

Pra acompanhar fiz um molhinho de pimenta e pico de gallo, que é, basicamente, um vinagrete incrementado.

Molho de pimenta

Ingredientes:
– 1 cebola pequena
– 2 dentes de alho
– 1/2 pimentão vermelho pequeno
– 2 pimentas dedo de moça sem semente
– 4 colheres de sopa de azeite
– 2 colheres de sopa demolho de tomate
– suco de 1 limão
– sal e pimenta do reino agosto

Preparo:
Esse é fácil demais. É só colocar todos os ingredientes no processador e bater até virar um molho grosso, como o da foto. O sal e a pimenta do reino vão de acordo com o paladar de cada um.

Pico de Gallo

Ingredientes:
– 2 tomates cortados em cubos
– 1 cebola picada em cubos
– 1 pimentão verde picado
– 1 pimenta dedo de moça picada
– suco de 1 limão
– sal e azeite a gosto

Preparo:
Misture todos os ingredientes em uma tigela até que fique homogêneo. Leve a geladeira por pelo menos 30 minutos antes de servir. Fácil demais, né?

Esses dois molhos nós comemos com todos os pratos, não só com os nachos com guacamole.

Tudo muito fácil e muito gostoso.
Amanhã posto a segunda parte da Noite Mexicana.

Chef Liloca

Risoto de Parmesão com Amêndoas

Olá, pessoas queridas!

Eu sei que estou meio sumida, mas é que nos últimos dias acabei não jantando em casa.

Hoje, pela primeira vez, fiz um risoto! Há tempos estou ensaiando.
Esse fim de semana comprei o arroz arbóreo e fiquei namorando por esses dias e hoje, enfim, tomei coragem para desbravar esse prato que eu tanto adoro.
Eu me pergunto: “por que eu demorei tanto pra aprender???” Meu Deus! Como ficou gostoso! E como é fácil de fazer!

Resolvi começar com uma receita mais simples, pra pegar o jeito  e não correr tanto risco de fazer errado. Peguei uma receita de Risoto de Parmesão no Cybercook que estava muito bem explicadinha e, claro, acrescentei algumas coisinhas pra deixar do meu jeito. E, então, nasceu o Risoto de Parmesão com Amêndoas.

Espero que vocês façam e sejam tão felizes quanto eu fui com esse prato. Abaixo a receita.

 

Ingredientes:
– 800ml de caldo de legumes
– 3 colheres de sopa  de margarina light sem sal
– 1 colher de sopa de azeite
– 1 cebola pequena muito bem picada
– 1 xícara de chá de arroz arbóreo
– 100g de queijo parmesão fresco ralado
– 1 colher de chá de noz moscada
– 1/2 xícara de chá de vinho branco seco
– Sal e pimenta do reino a gosto
– 1/2 xícara de chá e amêndoas picadas

Preparo:
Faça o caldo de legumes (pode ser natural ou de cubinho) e mantenha-o no fogo. Em uma panela de fundo grosso, coloque a manteiga, o azeite e a cebola. Leve ao fogo e refogue, mexendo até a cebola ficar transparente. Junte o arroz,  e refogue, mexendo rapidamente, sem parar, até os grãos ficarem brilhantes e agrupados. Adicione 1 concha de caldo fervente e deixe cozinhar, mexendo sem parar, raspando o fundo e as laterais da panela até não ter mais líquido. Adicione mais uma concha de caldo, o vinho, a pimenta do reino e a noz moscada. Coloque também uma pitada de sal, mas não exagere. O caldo e o queijo já são bem salgados. Vá acrescentando as conchas de caldo e esperando o líquido evaporar até o arroz ficar al dente. Depois de uns 15 minutos, comece a provar o arroz para acertar o ponto. O risoto estará pronto quando o grão ficar macio, mas firme. O resultado deve ser uma preparação úmida, mas sem caldo. Faltando umas 3 conchas de caldo para o risoto ficar pronto, acrescente as amêndoas picadas. Quando o arroz estiver no ponto desejado, adicione o parmesão ralado e mexa até que ele se derreta por completo. É interessante deixar o parmesão em temperatura ambiente para ele derreter rápido e o risoto não passar do ponto.
Pra servir, polvilhei um pouco de parmesão ralado e manjericão seco e enfeitei com algumas amêndoas inteiras.

Ficou uma delicia! Esse vale a pena perder um tempinho e fazer.

Chef Liloca